Alimentação em Viagens!

É hora de comer!!!

Alimentação nas Viagens!

ALIMENTAÇÃO EM OUTROS PAÍSES

Estava com saudades de escrever aqui no Blog do Bailarinos Pelo Mundo e por acaso voltei com um tema que eu ADORO: COMIDA! Quem me conhece sabe que eu amo misturar viagens de dança com descobertas gastronômicas, pode ser pratos típicos ou os amigos fast food, mas sempre bem abastecida! Até porque quem não gosta né?

Resolvi escrever este tema, pois estamos levando um Grupo para dançar no Disney Performing Arts em Orlando nos Estados Unidos e será a primeira vez da grande maioria do Grupo de 26 integrantes na Terra do Mickey. E uma das dúvidas mais frequentes é sobre as refeições diárias. Então vamos lá…

Eventos e viagens de dança variam de lugar para lugar, de um país para outro e também do seu bolso, e suas refeições vão variar de quanto você dispõe para gastar com alimentação. Na Europa, por exemplo, participamos de um Festival de Dança em Berlin na Alemanha, e não gostei muito das opções das refeições servidas no nosso Hotel Park Inn By Radisson e nos restaurantes próximos, era tudo muito forte e gorduroso para meu paladar, embora os restaurantes fossem sempre muito bons. Foi nesta viagem que fiquei muito viciada em Dunkin Donutis, me salvou vários dias.

Restaurante do nosso Hotel em Berlim. Apesar de bonito, não agradava o meu paladar.

 

Paixão descoberta em Berlin.

 

Restaurante do nosso Hotel na Alemanha.

Já não posso dizer o mesmo de Paris e Londres onde estivemos para conhecer a Royal Academy of Dance, fazer aulas em diversas escolas de Dança e claro turistar muito! O meu paladar amou a gastronomia parisiense, mas o bolso não! As refeições completas mesmo custavam um pouco caro. Mesmo assim tomamos chocolate quente em frente à Catedral de Notre Dame e almoçamos de frente a Opera Garnier, um dos Teatros mais lindos do Mundo. Tudo muito bom e inesquecível, como o almoço que tivemos na Champs Elysse em um restaurante com vista para a Torre Eifel. Em Londres as experiências se repetiram indo desde o Lendário Hard Rock Café, o primeiro restaurante desta grande rede de sucesso, com manuscritos de John Lennos, até o tradicional chá inglês vendido na Fortnum e Mason.

Nosso almoço em frente a Opera Garnier – Paris.

 

Menu do Restaurante

 

Almoço com esta vista! Opera Garnier – Paris

 

Famosa loja de doces em Paris

 

Fazendo a festa nos doces

 

Hard Rock Café de Londres

 

Tradicional loja de Chá Inglês em Londres

 

 

Chá da Rainha da Inglaterra.

Gente estou adorando recordar estas viagens tão especiais e vivas em meu coração, com alunos e amigos tão queridos! Delícia em todos os sentidos!

Mas neste post vamos falar um pouquinho sobre os Estados Unidos e nossas experiências com Grupos por lá. Já comemos de Norte a Sul no país, conhecemos New York (você pode ler nossa aventura clicando aqui) Washington D.C, New Jersey, Orlando, Miami, Daytona Beach, Los Angeles e Las Vegas e posso garantir que sempre comemos muito bem! Muita gente dos grupos que levamos me pergunta, “como pedir a comida se não falo inglês?” Uma dica, aprenda os nomes básicos dos alimentos que você costuma consumir antes de viajar, e se você tem alguma intolerância é legal também levar tudo escrito e especificado em inglês para que você possa apresentar aos garçons. Se mesmo com essa dica você não conseguir falar nada, os cardápios geralmente têm fotografias de alguns pratos o que facilita bastante na hora de pedir.

Cardápios dos Restaurantes Disney com fotos dos pratos.

Existem restaurantes para todos os gostos e bolsos. Da para manter uma dieta sim, pois sempre encontramos saladas em todos os lugares com carnes e frangos grelhados. Mas claro que a tentação é grande, pois há muitas opções de delicias e mais delicias. Dentro dos parques de Orlando tem uma infinidade de doces, principalmente na Disney e restaurantes realmente muito bons.

Muita salada disponível nos Menus, Restaurante Garden Grill no Epcot da Disney

 

 

Mas os doces são irresistíveis!

Antigamente se dizia que Estados Unidos era sinônimo de Fast Food, mas acredito que hoje os tempos são outros e você encontra o que quiser para comer lá. Eu adoro o restaurante italiano Olive Garden, mas me rendo fácil, fácil ao bom e velho Mc Donald´s sempre pronto nos horários mais corridos. E se falarmos de hambúrgueres, vou ficar aqui escrevendo até amanhã, pois é outra paixão! Descobri nas ultimas viagens o Shake Shack, rede de franquias fundada em 2004 em New York e me apaixonei pela qualidade e sabor dos produtos. Já a milha filha prefere o Five Guys outra rede de Hamburguer bem famosa.

Restaurante Olive Garden, meu preferido! E me ganhou por essa entrada de pães deliciosos com salada!

 

Novo Vício SHAKE SHACK Hamburgueria – EUA.

Poderia passar horas aqui escrevendo sobre este tema, pois realmente são muitas opções e eu adoro conhecer novos lugares e restaurantes, então poderia escrever mais de um post sobre este assunto. Mas fica aqui a principal dica: Não se preocupe quanto à alimentação ou como pedir, todo grande centro está preparado para receber seus turistas e ajuda-los da melhor forma, pode ir viajar tranquilo! E hoje com o celular na mão no caso de emergência tem também um aplicativo super útil, o Google Tradutor que traduz fotos dos cardápios ou qualquer imagem que você precise! Então, não tem porque se preocupar… É só deixar o olfato e o paladar à vontade nas próximas viagens!

Aplicativo super facil de usar para auxiliar no inglês.

Gostou do nosso relato, fique ligado por aqui, sempre com novidade de Dança, viagem e turismo. Acompanhe também nossas mídias socias, Intagram e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *