Primeiras Aventuras!

Como tudo começou...

Como tudo começou…. Bailarinos pelo Mundo!

Esse primeiro post, talvez seja o mais especial para mim, pois vou contar como começaram minhas aventuras por este mundo a fora…

Meu nome é Iolanda Hahn, sou a última filha de uma família de quatro irmãos e sou extremamente agradecida por ter nascido nela. Meus pais João e Cecília não construíram nenhuma herança material para nós, mas me permitiram sonhar! E sonhar alto… Nossos finais de semana sempre foram sem grandes passeios ou luxos, mas a música de qualidade, alegria e animação não faltavam. Talvez por ser a filha mais nova, adicionado à personalidade forte, acabei sendo mais precoce em tudo na minha vida. Aos nove anos, eu lia todas as revistas que minha mãe comprava para minha irmã mais velha. Através da Revista Capricho (que infelizmente fechou em 2016) viajei em pensamentos para vários lugares do mundo… E sempre me imaginava lá. Aos 12 anos conheci o FANTASTICO MUNDO DA DANÇA e minha vida mudou para sempre. Eu dancei na melhor academia da minha cidade, era uma boa bailarina de Jazz e tive uma grande professora, rígida como todas, mas muito boa. O balé clássico era obrigatório, mas nunca me adaptei a ele, sempre fiz, mas nunca gostei como o jazz, que sempre ferveu em mim.

Assim nasceu a Iolanda bailarina. Dancei em outras escolas, busquei mais informações e desde os meus 14 anos eu decidi que viveria de dança. Naquela época, não tinha internet e nem as facilidades de informações como hoje em dia, estamos falando de 1996… Com 16 anos fui para São Paulo sozinha com uma amiga de 15 anos, fazer os famosos cursos de verão no Raça Centro de Artes e ali eu vi o que era a dança que eu queria fazer, e como era grandioso estudar esta arte. Fiquei obcecada e fascinada pelos dias naquela escola e como tudo funcionava. Voltei para SC meio frustrada, pois nossas aulas não eram nada daquilo que tinha vivido. Continuei voltando todos os anos para os cursos e nunca perdi um. Como falei no início do post, sempre fui muito precoce e aos 19 anos abri a “Oficina da Dança Kaiorra” na cidade de Camboriú. Eu lecionava dança em escolas de educação infantil desde os 15 anos e então em 2005 decidi abrir um espaço para oferecer dança de qualidade para a comunidade daquela cidade, que nunca teve uma escola de dança antes. A escola cresceu bastante no primeiro ano e formei um grupo competitivo muito bom e assim começaram nossas viagens de dança.

Como bailarina eu já tinha viajado bastante com os grupos que dancei e sempre voltava com vontade de conhecer e ver mais coisas além dos teatros e ginásios das cidades, então quando comecei a viajar com o meu grupo decidi que faria diferente… Eu iria aliar o prazer de dançar com as incríveis experiências do turismo. Com 1 ano de escola fomos para o Rio Grande do Sul,  Rio de Janeiro, São Paulo e sempre conhecendo tudo o que podíamos nas cidades. Nossas experiências não eram só turísticas, ganhávamos bastante prêmios nos festivais e isso resultou em um convite em 2007 para representar o Brasil no Programa “Dança com Integração” onde fizemos uma turnê pela Argentina apresentando em diversos festivais e eventos de Dança. Foi inesquecível! A viagem era de ônibus… Imaginem só, quase 24 horas sentados até chegar a Villa Carlos Paz, mas valeu muito a pena! Desfrutamos da cidade e de experiências maravilhosas, como intercambio com escolas de dança argentina, passeios a Córdoba e Villa Carlos Paz, além de farta diversidade gastronômica. Uma viagem muito especial…

Essa foi nossa primeira experiência internacional e ficamos com gostinho de quero mais… Foi tão bom que no ano seguinte desembarcamos nos EUA, para competir no Youth American Grand Prix em New York!

Primeira vez em New York, em 2008 participando do Youth American Grand Prix.

Primeira vez em New York, em 2008 participando do Youth American Grand Prix.

Quer saber como foi nossa experiência e como começamos a carimbar nossos passaportes? Acompanhe nosso blog! Toda segunda-feira post novo no ar. E se quiser receber informações em primeira mão sobre Bailarinos pelo Mundo, deixe seu e-mail nos comentários, ou em nossos posts nas redes sociais, Instagram e Facebook.

Curso no Alvin Ailey, com Sue Samuels, em 2008.

Curso no Alvin Ailey, com Sue Samuels, em 2008.

16 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *